Arquivo da categoria: Sem categoria

Verdades contábeis…

No banco… – Bom dia, senhor. – Bom dia o cacete. Eu quero falar imediatamente com o meu gerente. – Sente-se, por favor. Já vou chamá-lo. … – Bom dia, em que posso ajudá-lo? – Recebi essa mensagem informando que … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

A very good friend…

- Deixa que eu falo com ele sozinho, talquei? Só me ajuda se eu precisar. – Hello? – Hello, brother Trump. Jair here. – Jar of what? I hope it’s beer. – O que ele… ah, é brincadeira? Very funny, … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Protocolos sinistros…

- Próximo! – Bom dia. Finalmente, estou há quase duas horas na fila. – Trouxe o formulário preenchido? – Sim. Todas as oito páginas. – Ótimo. – Não entendo pra que toda essa burocracia. Era tão mais fácil quando a … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

E a velha empáfia persiste…

Não sei quantas vezes já escrevi sobre a superioridade moral da esquerda. Aquela arrogância do bem, que só é digna de ser exercida por seus membros, únicos e verdadeiros guardiões de toda a bondade humana. Eles são os Neos da … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Manga com leite e outros venenos…

“Você acabou de comer. Tem que esperar pelo menos uma hora antes de entrar no banho”. Não sei quantas vezes a minha mãe repetiu essa frase ao longo da minha infância. Bobagem? Pode ser, mas prefiro enxergá-la como uma inocente … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Revoluções pós-pandemia…

Sim, eu sei, você não aguenta mais ler textos sobre como será a vida pós-pandemia, não é? Afinal, ninguém realmente sabe o que irá mudar, qual será o nosso novo normal. Eu tampouco, mas não resisto a fazer algumas especulações … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Uma reunião do caralho…

Porra, Jair, que reunião do caralho! Foi exatamente pra isso que eu votei em ti. O Brasil precisava de um cabra macho, que bate na mesa, que mostra quem é o pica grossa do pedaço. Tu deixou a esquerdalhada toda … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Receitas mais ou menos médicas…

No pronto-socorro… – Um médico! Um médico, por favor! – Calma senhora, qual é a urgência? – Minha sogra caiu e está com o pulso inchado. Acho que pode ter torcido ou até fraturado. – Tente se acalmar. Nossa equipe … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Siglas problemáticas…

Há muitos anos, em uma escola militar de ensino fundamental… – Jairzinho, não é possível. Outro zero? – Como assim, professora? Eu fiz tudo certo. – Certo? Você errou tudo. Um mês inteiro estudando as siglas e você não decorou … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Dezenove anos de aplausos…

  Meu querido, você certamente não se lembra de quando eu o ensinava a bater palminhas para o seu primeiro aniversário, não é? Eu me lembro… Também me lembro da sua primeira gargalhada, dos seus primeiros passos inseguros e cambaleantes, … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário