Tentativa de desenho…

Alguns amigos bolsonaristas e não-bolsonaristas-mas estão compartilhando um estudo em andamento pela Universidade de Oxford sobre a eficácia da Ivermectina no tratamento da Covid. Os compartilhamentos vêm acompanhados de ironias e frases do tipo “Bolsonaro tinha razão”. Bom, vou tentar ser didático (embora saiba que qualquer tentativa de desenho que não inclua uma ovação ao “mito” é logo ignorada pela claque):

1. O estudo está em andamento. Ainda não se chegou a nenhuma conclusão definitiva. Vários outros estudos feitos haviam descartado a eficácia da droga. Tomara que este chegue a uma conclusão diferente. Quanto mais armas tivermos, melhor.

2. Muitos amigos próximos tomaram Ivermectina quando se infectaram (receitada por médicos, inclusive) e alguns outros tomam preventivamente (por conta própria). A autonomia médica, portanto, jamais foi cerceada.

3. Existem centenas de substâncias diferentes sendo testadas pelos cientistas do mundo todo. Certamente veremos resultados promissores em breve. Cabe à comunidade científica mundial (e não a um presidente) aprovar o uso de cada uma delas.

4. Agora vem a parte mais difícil do pessoal entender: mesmo que fique comprovado que a Ivermectina pode ajudar no tratamento, já é certo que não se trata de nenhuma solução milagrosa. Seria apenas mais um, entre tantos outros medicamentos que estão sendo usados na tentativa de se salvar vidas. Portanto, nenhuma política pública de saúde pode ser feita com base nisso. E governos trabalham com políticas públicas, não com propagandas de drogas não aprovadas. É absurdo o presidente dizer à população que basta tomar um remédio para que tudo fique bem. Isso comprovadamente não é verdade. É um crime ele continuar desestimulando o uso de máscaras, promovendo e incentivando aglomerações e, principalmente, contestando a eficácia das vacinas – essa sim, a única política pública na qual ele deveria ter se engajado.

Ah, a mesma instituição que está conduzindo o estudo com a Ivermectina já descartou qualquer possibilidade de eficácia da hidroxicloroquina. Mas, claro, essa deve ser a parte comunista da Universidade de Oxford. É impressionante o que a China é capaz de fazer só para derrubar o nosso presidente…

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>