Só rezando…

Apesar de não ser morador de São Paulo, junto-me agora àqueles que já se preparam para cumprir as determinações da nova, extraordinária e essencial lei proposta por dois deputados do PV e sancionada nesta semana pelo governador João Dória, instituindo no calendário oficial do estado o “dia de oração pelas autoridades da nação”. Afinal, inúmeras são as autoridades merecedoras de nossas preces mensais e, se não nos dispusermos a pensar com antecedência, muitos abnegados servidores do povo podem até ficar de fora, em um ato de injustiça poucas vezes visto em nosso país.

Antes, entretanto, gostaria de dirimir algumas dúvidas a fim de garantir que todas as atribuições previstas sejam por mim cumpridas. Lei é lei e não se discute. Não fica claro no texto aprovado, por exemplo, o conceito de “autoridade da nação”. Devemos orar exclusivamente para políticos da esfera federal? Os nossos preparadíssimos representantes das esferas estadual e municipal devem ser simplesmente abandonados à própria sorte? Líderes do judiciário também deverão ser contemplados? Políticos sem mandato atual, mas outrora grandes líderes tais como Dilma, Temer, FHC, Sarney e tantos outros podem ser discriminados mesmo após terem cumprido com louvor todas as suas incumbências? Políticos presos devem ser esquecidos, o que denotaria evidente insensibilidade quanto às possibilidades de ressocialização? Diante de tantas indefinições, torço para que uma lei complementar seja em breve elaborada e todos os nossos representantes, de ontem e de hoje, possam ser justa e devidamente abençoados.

Até lá, seguirei com meus preparativos livre de quaisquer amarras ou preconceitos. Minhas orações serão para todas, todos e todxs. Não irei restringir minhas preces a Deus, em respeito às crenças de cada autoridade. Elevarei meu pensamento indiscriminadamente também a Buda, Allah, Olorum, Oxalá, Chaves, Marighella e Ustra. E pedirei a eles, sempre que possível de forma republicana e democrática, que intercedam em favor de Dilma, e jamais permitam que ela perca suas inatas perspicácia e capacidade de raciocínio lógico; em favor de Lula, e o mantenham sempre preso às suas convicções, aos seus amigos, à sua cadeia de relações tão engenhosamente interligadas; em favor de Gleisi, e multipliquem sua imensa simpatia, seu brilho próprio e seu grande poder de persuasão; em favor de Aécio, e aumentem ainda mais seu carisma, sua honestidade, sua aspiração diária a grandes feitos; em favor de Temer, e reforcem suas qualidades de lealdade e fidelidade, pois estas certamente levá-lo-ão ao reconhecimento do seu povo; em favor de Bolsonaro, para que ele jamais tenha qualquer problema que o impeça de abrir a boca, seja a retirada de um dente por semana, uma cirurgia nas cordas vocais ou mesmo uma afonia crônica e persistente; e, muito especialmente, em favor de Paulo Guedes, pois sem ele – vamos combinar, né? – não há reza coletiva que possa dar jeito neste país!

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>