Permissões hipócritas…

20210705_173308

– Próximo!

- Puxa, finalmente. Já não aguentava mais essa fila. Não sabia que seria tão demorado.

- O senhor trouxe os documentos?

- Sim. Achei até a carteira de sócio do fã-clube da Cher.

- Excelente. Cópia autenticada de tudo?

- Também. Duas vias de cada. Tô autorizado?

- Calma. A documentação tem que ser analisada. E ainda falta a entrevista.

- Que entrevista?

- Ué, há muitos pontos que precisam ser esclarecidos. Achou que seria fácil assim?

- Fácil? Passei três horas numa fila. E a lista de exigências só cresce.

- Temos que ser cuidadosos, senhor. Somos os únicos com credenciamento válido pra essa autorização.

- Preciso agendar uma nova data?

- Não. Posso fazer as perguntas agora mesmo.

- Ótimo. Quero ficar livre disso o quanto antes.

- O senhor pode começar me mostrando todas as tatuagens do Che Guevara que já fez.

- Que bobagem é essa? Nunca fiz tatuagens.

- Prefere um pôster na parede da sala, né?

- Não tenho pôster de ninguém.

- Nem de Lênin ou Stalin?

- Claro que não. Vê se eu ia ser fã de genocidas!

- Devo alertá-lo que suas respostas não vão por um bom caminho, senhor. Qual é a sua filiação partidária?

- Não sou filiado a partido algum.

- Não precisa ser oficial. Basta a carteirinha de militante do PT ou do PSOL.

- Detesto política.

- Veja bem, senhor. Vou lhe dar uma última chance. Ou me mostra foto sua vestido de “Lula livre”, ou nada feito.

- É mais fácil eu vestir uma camisa escrito “Lula na cadeia”.

- Chega. Pedido indeferido.

- Que absurdo. Eu já apresentei todas as provas de que sou gay.

- Não me interessa. Vai ter que continuar enrustido pro resto da vida. A esquerda decidiu que o senhor não está autorizado a se assumir.

- Não preciso de vocês pra isso.

- Precisa sim. Sem nosso reconhecimento, o senhor terá credibilidade zero. A não ser com os babacas da direita.

- Já estive lá. Também não me deram autorização.

- Ué, por que não?

- Porque a direita só autoriza os gays que consideram Bolsonaro um mito (ou aqueles que se chamam Clodovil).

- Que vergonha, heim? Rejeitado pela esquerda e pela direita. Bem feito. Como o senhor está se sentindo agora?

- Feliz pra caramba…

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>