Paraíso brasileiro…

- Mestre, hoje eu sonhei que estava em Shangri-la, o paraíso perdido.

- Fale mais, gafanhoto.

- Ah, Mestre, era uma terra abençoada, cheia de matas densas, cascatas de águas cristalinas, lagos e muito ar puro.

- Gafanhoto, paraíso perdido muito bonito mesmo.

- Sim, mestre. Durante o dia eu andava pelas trilhas entre as colinas, ouvindo o canto dos pássaros, sentindo o perfume das flores.

- Mas por que Gafanhoto certo que sonho era Shangri-la?

- A comunhão, Mestre.

- Comunhão, Gafanhoto?

- Sim, Mestre. Comunhão de tudo. Em Shangri-la não há propriedades. Tudo pertence a todos. Eu podia passar dias no sítio que eu quisesse, dormir no quarto que eu quisesse, entrar na casa que eu quisesse.

- Gafanhoto ainda muito jovem. Sonho não era Shangri-la.

- Não, Mestre?

- Não. Gafanhoto sonhou com Atibaia…

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>