Meu sonho de mulher…

Meu sonho de mulher é quase inatingível. Não se acha especial. Não veste nada original. Não se perfuma em demasia. Pelo menos, não pra me agradar.

Meu sonho de mulher encanta a cada hora. Flerta de manhã, conquista à tarde, fascina à noite. Mas é o seu sorriso que faz tudo isso acontecer em um só instante.

Meu sonho de mulher não precisa saber o que fazer para o jantar. Mas quando quer se arriscar na cozinha, sempre me deixa escolher o vinho.

Meu sonho de mulher pode deixar o quarto desarrumado. Quando o alvoroço é grande, eu me viro no meu canto. Mas, quando a ideia me agrada, faço a bagunça aumentar.

Meu sonho de mulher se emociona por qualquer bobagem. Faço de conta que não vejo e, às vezes, até sorrio, enquanto finjo que é só ela quem chora.

Meu sonho de mulher tem suas próprias amigas e não precisa dos meus. Mas, se ela os conquista tão facilmente, quem sou eu pra me opor?

Meu sonho de mulher é mãe que não se dobra. Adverte com carinho, briga, bate de frente, mas adora rolar no chão brincando ao longo da tarde.

Meu sonho de mulher não é vidente e só me pergunta uma vez o que me passa na mente. Se a resposta é vaga, respeita o tempo, e sempre acaba ouvindo a história toda.

Meu sonho de mulher pode até se deixar abater. Mas sempre se levanta e não mais espera um mundo condescendente. Já em pé, é ela quem me estende a mão.

Meu sonho de mulher reclama, discorda e opina, enquanto analisa, reflete e pondera. É orgulhosa até o ponto que a sua humildade lhe permite.

Meu sonho de mulher chega sem fazer alarde, mesmo que todos os olhares se voltem, quando na sala ela adentra.

Meu sonho de mulher tem sua força estampada no olhar, e quanto mais longe ela enxerga, mais aquela imagem me comove.

Meu sonho de mulher tem todos os motivos pra se amar. É linda, doce, forte, segura, sensata e generosa. É tão brilhante que sua luz própria me ajuda a brilhar também.

Já os meus motivos para amá-la se perdem entre a realidade e o sonho. E é assim que o meu amor ascende a uma atmosfera inatingível. Quase tão inatingível quanto o meu sonho de mulher!

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>