Doações para grandes causas…

- Alô?
– Alô, bom dia.
– Bom dia. Com quem gostaria de falar?
– O senhor Fernando está?
– Sou eu, quem fala?
– Eu falo em nome da Sociedade Protetora dos Animais. Gostaria de contar com sua contribuição para que possamos evitar que mais um animal seja extinto.
– Puxa, que trabalho bacana. Como eu poderia colaborar?
– Estamos arrecadando qualquer quantia, senhor. O importante é a participação de todos.
– Tenho um grande apreço pela natureza e posso fazer uma doação sim.
– Agradecemos muito, senhor. Vou anotar os seus dados.
– Perfeitamente, mas antes gostaria de saber mais detalhes. Qual é o animal que está em vias de extinção?
– O tigre de dentes de sabre.
– Acho que deve estar havendo algum engano. O tigre de dentes de sabre está extinto há milhares de anos.
– De forma alguma, senhor. Está vivo e em plena atividade. Mas restam poucos espécimes.
– Minha filha, eu não sou especialista na área, mas você não está se referindo ao tigre errado?
– Não, senhor. É o tigre de dentes de sabre mesmo.
– Bom, não sei se isso é alguma pegadinha mas não tenho nenhum interesse em colaborar com a sua campanha.
– Mas, senhor, por qual motivo?
– Porque não há nada que vocês possam fazer pela espécie. Ela já não existe há muito tempo.
– Onde o senhor leu essa informação?
– Em livros e revistas científicas, em museus, e em vários outros lugares. Aliás, enquanto falávamos aqui dei uma olhada no Google. O tigre está extinto há mais de dez mil anos.
– Não se deixe enganar pelos livros científicos e museus, senhor. Eles são controlados pelo imperialismo americano e querem apenas garantir que o tigre de dentes de sabre seja mesmo extinto. E quanto ao Google, eles só divulgam o que é do interesse imperialista, todo mundo sabe disso.
– Acho que você deve ter bebido. Por que alguém iria querer deliberadamente acabar com uma espécie de tigre, e ainda por cima mentir sobre a sua extinção?
– Os interesses imperialistas são muito abrangentes, senhor. Eles não conhecem limites.
– Seja como for, não me interessa. Não vou dar dinheiro para uma causa totalmente perdida.
– Lamento mas compreendo, senhor. Talvez o senhor queira nos ajudar em uma outra campanha de arrecadação.
– Se for para evitar a extinção dos dinossauros também estou fora.
– Não, senhor. Estamos arrecadando fundos para a campanha presidencial do Lula. O lançamento aconteceu na última sexta-feira e foi um enorme sucesso. Dilma, Gleisi, Lindberg estavam lá e… alô, senhor? Senhor?

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>