O quadro…

- Que quadro magnífico, não acha?

- Muito bonito. Mesmo não sendo fã de arte abstrata, gosto das cores e do movimento das pinceladas.

- Meu caro, não se trata de arte abstrata. É bastante evidente o quadro que o pintor quis retratar.

- E parece que conseguiu, não é? Porque estamos diante de um quadro.

- Estou me referindo a quadro no sentido de paisagem, de cenário.

- Ah, tá…

- Repare nos tons. Note como o azul do céu se debruça sobre o verde da relva. E os pequenos pontos escuros formam um quadro nítido.

- Não é todo o conjunto que forma o quadro?

- Estou falando sobre o quadro de pessoas reunidas, aquele grupo de alunos ao lado da escola, entendeu?

- Não estou vendo nem a escola, quanto mais o “quadro” de alunos.

- E o quadro vazio diz tudo…

- Quadro vazio? Eu posso não estar vendo a escola mas este quadro tem tinta de cima a baixo.

- Meu incauto amigo, me refiro à lousa dentro da sala de aula, ao quadro-negro, vazio e danificado como na maioria das escolas do país.

- Ah, tá…

- E nem poderia ser diferente, o pintor sempre fez parte do quadro…

- Ah, vai me dizer agora que um dos pontinhos escuros é o pintor.

- Meu Deus, não. O que eu quero dizer é que o pintor sempre pertenceu ao quadro de artistas engajados que usam seu talento para denunciar as injustiças sociais no Brasil.

- Ah, tá…

- É o tipo de quadro que me emociona…

- Você está falando agora do quadro de artistas, do quadro de alunos, do quadro-negro, do quadro cenário ou desta porcaria de quadro cheio de tinta misturada?

- Estou falando do quadro Brasil, tão bem retratado neste quadro.

- Ah, tá…

- Este quadro reflete de forma perfeita todas as mazelas que temos sofrido.

- Reflete, é? O quadro virou espelho agora?

- Os quadros sempre foram espelhos de suas épocas, você deveria saber disso.

- Ah, tá…

- Você não se preocupa com este quadro?

- Deveria? Acho que ele está bem guardado aqui na galeria.

- Como é difícil conversar com gente inculta. Estou falando do triste quadro atual do país.

- Ah, tá…

- E o pior é que o quadro tende a piorar ainda mais.

- Ah, agora eu concordo inteiramente com você. Tenho até uma sugestão pra lhe dar.

- Verdade? Qual?

- Vai procurar aquela que o pariu no quadro de putas mais próximo!

- Ah, tá…

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>