Dimensões…

20151008_104248

Tão próximas fronteiras
Diante de tão vasto planeta

Tão diminutas imperfeições
Diante de tão intensa beleza

Tão parcos problemas
Diante de tão infindáveis bênçãos

Tão desnecessário martírio
Diante de tão inevitável recompensa

Tão frívola dor
Diante de tão incomensurável júbilo

Tão irrelevantes buscas
Diante de tão constante plenitude

Tão limitados sonhos
Diante de tão infinitas possibilidades

Tão mesquinhos objetivos
Diante de tão generosas dádivas

Tão terrenas explicações
Diante de tão etéreos significados

Tão insignificantes crenças
Diante de tão grandiosa Criação

Tão medíocres escolhas
Diante de tão incontáveis caminhos

Tão infundados questionamentos
Diante de tão fundamentadas respostas

Tão efêmeras lágrimas
Diante de tão perene mansidão

Tão pobres inquietudes
Diante de tão profunda paz

Tão ínfimo eu
Diante de tão bastante Vida…

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>